edição digital

Orquestra do Sul e Camané juntam-se para noite sublime de Fado

08/08/17 REGIONAL Imagem

Camané e a Orquestra Clássica do Sul sobem ao palco a 12 de agosto, pelas 22h Calçadão Nascente em Quarteira, Algarve

Uma das melhores vozes do Fado vai apresentar-se em palco com a Orquestra Clássica do Sul no próximo sábado, dia 12 de agosto, pelas 22h, no Calçadão Nascente em Quarteira, Algarve. A entrada é livre.
A experiência vai acontecer um dia depois da Orquestra Clássica do Sul partilhar o palco com a fadista Kátia Guerreiro (11 de agosto), no evento ‘Nisa em Festa’, organizado pela câmara municipal daquela vila do Alentejo.
“Com o mar no horizonte e longe do habitual cenário das salas de espetáculos, o aclamado fadista Camané junta-se aos músicos da Orquestra para uma noite sublime de Fado e Música Clássica, o resultado de uma aliança perfeita no universo musical”, promete a direção da Orquestra.
O Maestro Rui Pinheiro vai conduzir a Orquestra Clássica do Sul nesta noite especial, com uma das melhores propostas da programação algarvia para o mês de agosto, e brindando o público com um concerto inesquecível. Vencedor do Prémio Amália por duas vezes, nas categorias ‘Melhor Intérprete de Fado Masculino’ e ‘Melhor Álbum’, o fadista recordará alguns dos êxitos de uma carreira de incontestável sucesso.
Fundada em 2002 como Orquestra do Algarve, tornou-se Orquestra Clássica do Sul (OCS) em setembro de 2013, com o objetivo de levar a sua música às regiões do Algarve, do Alentejo e da Península de Setúbal em Portugal e da Andaluzia em Espanha, oferecendo uma programação diversificada e de elevada qualidade artística.
Camané é um dos mais conceituados fadistas portugueses. Em 1979 venceu a ‘Grande Noite do Fado’ e, na sequência dessa participação, gravou alguns trabalhos participou em musicais do encenador Filipe La Feria. Em 1995 editou o álbum ‘Uma Noite de Fados’, gravado ao vivo no Palácio das Alcáçovas. Lançou já vários álbuns e realizou várias experiências fora do Fado, uma das quais em 2013, com Pedro Abrunhosa, que chamou Camané para o seu álbum ‘Contramão’. Gravaram em dueto o tema ‘Para os Braços da Minha Mãe’, sobre a emigração portuguesa.
Em 2014 juntou-se a Jorge Palma, à soprano Elisabete Matos e aos Xutos & Pontapés para participar no espetáculo ‘Música em degradé - da ópera ao rock’, no Meo Arena, em Lisboa. Ainda nesse ano reencontrou David Fonseca, com quem fez um concerto no Mercado da Ribeira, a convite da Time Out, no contexto do evento ‘A maior casa de fados do mundo’. Em 2015 regressou aos originais de Fado com o disco ‘Infinito Presente’, com entrada direta para o primeiro lugar no top de vendas.

MUNDO PORTUGUÊS - ASSINE JÁ

Medalha de Mérito das Comunidades


Maior Onda surfada do Mundo


Mundo Português TV


Mundo Português APP





Meteorologia

Marcas Grupo